/Tag família

14/04/14

As 10 coisas mais legais de março de 2014

Por Ana Carolina | Arquivado em top 10 do mês

É impressão minha ou 2014 tá voando? :O

melhores-marco141

07/03/2014 - Fui com a minha irmã e a sobrinha dela levar a Rebecca pela primeira vez ao cinema. A baixinha amou, fiquei quietinha prestando atenção… | 08/03/2014 - Começamos a planejar nossa viagem. Vamos no final de maio e mal consigo esperar! Se me deixar só falo disso o dia todo. | 08/03/2014 - Finalmente entregamos as chaves do apartamento antigo. Foi muito bom enquanto durou, Mirante. | 13/03/2014 - Fomos passar alguns dias na praia com a minha irmã. Não estava muito sol, mas deu pra aproveitar. Pena que foram poucos dias. | 16/03/2014 - WRun com as meninas do Corre Mulherada!. :D

melhores-marco142

18/03/2014 - 13 anos de namoro. <3 | 22/03/2014 - Encontro com minhas amigas de infância. Passamos a tarde rindo. | 28/03/2014 - Café e jantar com gente querida. Chegamos só para tomar um café e saímos de lá umas 6 horas depois. Papo bom é assim, né? | 29/03/2014 - Churrasco na casa da . Churrasco, bebida, risada, gente querida.. a noite foi muito boa. | 30/03/2014 - Quando eu estava na faculdade fiz estágio na agência experimental de lá. Foi assim que conheci esse povo talentoso, interessante e super engraçado. Sempre que a gente se encontra é de sair com dor na barriga de tanto rir.

10/02/14

Sobre cigarros e UTI

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

Minha mudança estava agendada para o dia 16/01. A gente pegou as chaves dias antes, estávamos correndo para embalar o máximo possível na casa antiga e limpar a casa nova. E aí veio um acontecimento que abalou totalmente todos os planos, todas as certezas e a tranquilidade: meu pai saiu para comprar cigarro e foi atropelado, perto de casa, por um carro que entrava pela contramão em uma rua de mão única.

Turrão que ele é, não quis atendimento dos bombeiros e se negou a ir ao hospital. Estava andando, falando, sem dor e aparentemente com nada quebrado. Foi para casa, não conseguiu dormir muito bem e só no dia seguinte resolveu ir ao hospital porque estava com um zumbido no ouvido meio suspeito.

Foi, fez exames e o choque: traumatismo craniano, com entrada de ar no cérebro e formação de pequenos coágulos. A parte boa era que o crânio estava rachado, mas não afundado. Foi internado na hora, na UTI, para ficar em observação. E o tempo todo ele reclamava de ficar lá, queria ir embora, queria descer para fumar só um cigarrinho.

Era para meu pai ter ficado apenas 48h em observação, mas alguns fatores não ajudaram em nada. Ele já é idoso (completa 70 anos agora em julho) e, por isso exige mais cuidados. Ele fuma há mais de 50 anos, pelo menos um maço por dia e, adivinhem? Cigarro é uma droga, causa dependência e abstinência. Essa abstinência fez com que meu pai tentasse se levantar a todo momento, ficasse agressivo e arrancasse tudo o que estivesse nele: agulhas, eletrodotos e tudo mais. Ele teve que ficar amarrado, dia e noite. Ele se machucou, ficou cheio de roxos nos braços por causa da força com que ele arrancava tudo de si mesmo. É comum os idosos ficarem mais confusos na UTI (onde você não sabe se é dia ou noite e não consegue dormir muito bem) e é mais comum ainda vítimas de traumatismo apresentarem uma confusão maior. Aí o que piorou mais isso? Sim, a abstinência do cigarro, que fez com que meu pai ficasse ainda mais fora do ar. Foram nove dias de muita preocupação, muito choro, horas e horas no hospital. Ele só pode ir para o quarto quando um dos médicos liberou o uso de adesivos de nicotina e, assim, ele se acalmou.

sign

Foram mais dois dias de internação no quarto e, assim que os coágulos desapareceram e o ar diminiu, ele foi liberado para ir para casa. Fomos buscá-lo e, ao chegar na casa da minha mãe, a primeira coisa que ele fez foi procurar o cigarro. Pois é. Saiu do hospital falando que nem pensava mais em fumar, mas foi só sair de lá que ele já correu procurar o veneno. Foi bem triste, meu pai parecia um daqueles viciados que fica na neura procurando a droga, justificando o porque de usá-la e dizendo que é a última vez. Coisa mais triste.

E aí, por que eu tô contando tudo isso? Só pra dizer que se antes eu já odiava cigarro, agora tenho pavor. Uma droga liberada, vendida em qualquer esquina e que causa sérios danos à saúde. Peguei nojo e pavor. Se antes eu já não deixava ninguém fumar na minha casa, agora não quero que fumem nem na frente do prédio. Hahaha.

10/01/14

As 12×10 coisas mais legais de 2013

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho, top 10 do mês

Posso afirmar com toda a certeza que 2013 foi o ano mais intenso da minha vida. Tomei decisões importantíssimas, tive experiências únicas, convive com muita gente que amo, aproveitei muito o tempo com a minha família, viajei muito mais do que jamais havia feito e estou começando 2014 com o gás todo para fazer desse ano tão bom quanto o que passou.

retro20131

Janeiro: Comecei o ano na praia, corri (sozinha e com as amigas), me organizei melhor, economizei, viajei com os amigos, peguei autógrafo do meu autor nacional favorito e aproveitei meu tempo com a família. Engraçado, mas na minha memória a maior parte do que aconteceu nesse mês tinha acontecido muito antes disso.

Fevereiro: Encontros com amigos, presente especial para o namorado, comemoração de aniversário de sobrinho-torto e assisti aos meus primeiros jogos de tênis (e um era do Nadal, muito chique!). Lembro que no meio do mês eu tava desesperada para que ele acabasse logo e ele demoraaaaaaava a passar. Êta fevereiro longo!

Março: Mais corridas, piquenique com as amigas, troca de nome da agência onde eu trabalhava, abertura da nova empresa do Henrique, aniversário de namoro, jantares com amigos e Páscoa com a família. O mês foi ótimo.

Abril: Amigo-secreto de Páscoa com as amigas, comecei a reler Harry Potter, assisti Cavaleiros do Zodíaco, corri, lançamos o Corre Mulherada!, o Lindezas ganhou casa própria, recebi visita de amiga querida… foi o mês de botar a mão na massa.

Maio: Amigos em casa, amigos correndo comigo, rever a Apocs depois de um tempão, churrasquinho em casa e conhecer cachorrinha nova de amigos. Maio passou voando por mim.

Junho: Mês de aniversário, ô delícia! Assisti Clarice Falcão, ganhei presentes, vi manifestações, presenteei a sobrinha, fui pra praia, comemorei 1 ano da Mari e revi a Suicinha e minha irmã. Junho não podia ter sido melhor. <3

retro20132

Julho: Ter irmã e sobrinha por perto, ajudar na organização da festinha dela, passear com as duas, ver os amigos, ir à shows, finalmente tirar meu passaporte, ter o namorado em casa inventando coisas de decoração e experimentar a sopa tradicional do bairro. Tudo isso temperado com o frio do mês. Maravilha!

Agosto: Passar a tarde revendo fotos de família com minha avó e minha mãe, correr na praia, assistir um musical, amigos, festinha de criança, mais amigos e presente inesperado em uma festinha com gente nova e muito legal. De desgosto esse agosto não teve nada.

Setembro: Minha primeira “corrida” de 10k (que eu fiz toda andando, shame on me), conhecer Buenos Aires, rever as amigas de infância, ter óculos novos, assistir mais um musical, ver o final de Dexter, encontrar com os amigos, ver amiga casar… Setembro foi lindo, um mês para se ter saudade.

Outubro: Batizado da sobrinha, muitos presentes das amigas viajantes, noite de bagunça com a turma que não se via há um tempo, corrida no Centro de SP (meu percurso favorito!), passei na Benedito Calixto, churrasco em casa… o mês foi tranquilo, mas bem bom.

Novembro: Mais corrida com as amigas, outros óculos novos, praia, bagunça com a sobrinha, amigos, Formula 1, cinema sozinha, amigos em casa e o #treinoCM. Só tenho uma palavra para definir esse mês: orgulho!

Dezembro: MUITOS encontros com amigos, muitos presentes, aniversário da sobrinha mais velha, ver a sobrinha mais nova começar a andar, Natal e a mudança profissional que eu estava planejando há tempos. Com certeza, foi o mês mais corrido do ano (isso que só trabalhei até a primeira semana dele, hein?), mas também um dos melhores.

03/07/13

As 10 melhores coisas de junho de 2013

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho, top 10 do mês

Ai, como adoro Junho! <3

Teve tarde de fofocas com amigas de muitos anos, jantares com amigos, muito carinho no meu aniversário, vários presentes lindos… Tive que cortar muita coisa desse top 10, não coube tudo. :p

melhores-junho13a

08/06/2013 - Assisti à um show muito gracinha da Clarice Falcão no Auditório do Ibirapuera. A entrada do lugar é linda, nunca tinha ido lá. A Clarice é uma fofa, adorei | 12/06/2013 - Dia dos namorados! A gente não liga muito, mas fizemos questão de ficar juntos, assistindo filme no sofá. Tem coisa melhor? | 16/06/2013 - Teve corrida Vênus, mas o legal mesmo foi estrear a camiseta do Corre Mulherada. Êta orgulho desse blog! | 16/06/2013 - Eu tinha prometido pra Pequena Buda uma “princesa Playmobil” um dia em que ela queria um dos meus, só para ela me devolver. Achei que ela ia esquecer, mas toda semana me lembrava da promessa. E aí a tia aqui se ferrou. Quem disse que eu encontrava a versão de vestido? Demorou mas encontrei e dei para uma japinha que ficou MEGA ULTRA feliz. Foi uma delícia ver a felicidade dela! | 19/06/2013 - Bem no dia do meu aniversário rolou a maior manifestação contra o aumento da passagem aqui em SP. Eu não fui, mas fiquei arrepiada dois dias depois quando um grupo pequeno (mas bem barulhento) passou aqui na rua do trabalho cantando o hino e fechando o tráfego.

melhores-junho13b

 21/06/2013 - Ser tia e madrinha significa botar a mão na massa sempre que as festas das sobrinhas precisam de embelezamento. Foi bem divertido fazer o convite e alguns detalhes da festa de 1 aninho da Mari. | 22/06/2013 - Fui para a praia com o Henrique e meus sogros. Há meses não pisava na areia, estava friozinho, tudo vazio.. delícia! | 23/06/2013 - Festa de 1 ano da Mari! Só a família, muita comida, as sobrinhas reunidas… | 23/06/2013 - Suicinha e minha irmã chegaram ao país! Vieram passar quase um mês por aqui, nem sei dizer o quanto isso me faz feliz! | 30/06/2013 - Rebecca (aka Suicinha) vai passar seu aniversário por aqui, então minha irmã resolveu fazer uma festinha. Fui com ela procurar algumas coisas para a festa, depois jantamos… tão bom ter a irmã por perto. <3

21/02/13

Um dia da semana – Q&A a Day: 10/02/2013

Por Ana Carolina | Arquivado em 5 year diaries

If this day was an animal, wich animal would it be?

pequena-buda-maricota-baby

Um canguru. Passar o dia com a família faz  a gente querer  ter bolsa para carregá-los por aí.

Fazia tempo que Pequena Buda não aparecia por aqui, né? Tá toda mocinha já, fala que é uma coisa. E tem a Mari, toda pequenininha e bebezinha ainda, a coisa mais fofa. <3

*Pergunta respondida no A Question a Day – 5 Year Journal, no dia 10/02/2013, um domingo.
05/12/12

366 Nuncas: #330 a #336

Por Ana Carolina | Arquivado em project 365

#330 – 25/11/2012

Não sou muito fã do Skype, mas resolvi usar para falar com a irmã, o cunhado e a sobrinha. Nunca tinha testado ele para vídeo, pelo iPhone, e achei ruinzinho, mas deu pra matar um pouco da saudade. :)

.

#331 – 26/11/2012

Chris Rene era meu X-Factor favorito ano passado e ainda não tinha escutado seu cd. Achei meio ruim. :/

.

#332 – 27/11/2012

Nunca tinha ido à Lanchonete da Cidade e fui com as amigas conhecer. Achei a comida deliciosa!

.

#333 – 28/11/2012

Há anos eu usava a cerinha da Granado para hidratar as cutículas e resolvi experimentar algo novo. Faz uma semana que estou usando essa da Océane e não estou curtindo muito…

.

#334 – 29/11/2012

Quando eu era criança amava essas tatuagens temporárias. O resultado disso: toda vez que aparece alguma cartela dessas pela frente, corro colocar algumas. Hahaha. Até esse dia, nunca tinha visto tattoo temporária de andorinha e coloquei pra fazer parzinho com a minha, de verdade.

.

#335 – 30/11/2012

Quando comecei a colecionar essa edição surpresa de Playmobil fiquei maluca esperando encontrar o do Elvis. Demorou um pouco, mas achei! Nunca tinha tido um Elvis Playmobil e estou apaixonada por ele. Agora só falta lançarem um Sinatra e um Cash e serei uma colecionadora feliz.

.

#336 – 01/12/2012

O mês começou e resolvi fazer uma pequena loucurinha: já que é o último mês do projeto anual, porque não juntar mais 3 desafios diários à ele? Nunca tinha feito esses desafios no Instagram e, por enquanto, estou achando bem divertido.