/Tag cinema

25/03/14

As 10 coisas mais legais de fevereiro de 2014

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

Março tá quase no fim e eu falando de fevereiro. Oooops!

melhores-fev14a

08/02/2014 - Minha primeira corrida de rua em Santo André! Mesmo sem treinar há meses foi uma delícia andar pela cidade à noite com os amigos (e a Margô!) | 08/02/2014 - Jantar em casa com os amigos. Ficamos rindo até de madrugada. | 10/02/2014 - Almoço de supetão na Cantina Gigio. Estávamos na Rua do Gasômetro na hora do almoço, famintos e o FourSquare ajudou a gente a ir à uma cantina super tradicional, gostosa e com preço justo. |  10/02/2014 - Festinha de 2 anos do Samuel. Tão bom ver a felicidade dessa família tão querida! | 15/02/2014 - Irmã e Rebecca por uma semana pertinho. Minha irmã veio trabalhar e eu ajudei minha mãe a tomar conta da Becca alguns dias. <3

melhores-fev14b

16/02/2014 - Jantar com mais amigos aqui em casa. Ô delícia! | 21/02/2014 - Cinema sozinha. Não me canso de dizer o quanto amo fazer isso. Assisti “A Menina que Roubava Livros”, chorei feito doida e adorei. Recomendo! | 23/02/3014 - Chá de bebê da Cecília, com muuuuita gente amada. Tudo lindo! | 26/02/2014 - Bordei feito doida em fevereiro. Em uma semana fiz 3 toalhas. Hahaha. Tava com saudade desse hobby. | 27/02/2014 - Almoço com a Elisa, uma amiga super querida que eu não conseguia encontrar há uns 3 anos.

 

 

05/12/13

As 10 coisas mais legais de novembro de 2013

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

Post rapidinho só pra não ficar assunto muito velho. Heheh. :)

melhores-nov13-1

03/11/2013 - Corrida com as amigas e depois corri mais ainda para chegar à tempo em casa para ir visitar a família do namorado em Americana. | 05/11/2013 - Óculos novos! Pode me chamar de besta mas AMO comprar óculos novos. | 06/11/2013 - Jantar com menina Lecticia. Teve almoço com ela e a grávida provinciana do ano também, no dia 15. <3 | 09/11/2013 - Praia. Com calor, sol e tudo mais. Fazia tempo que não ia pra lá. | 20/11/2013 - Feriado na casa dos meus pais, brincando com a Pequena Buda.

melhores-nov13-2

22/11/2013 - O Henrique AMA Formula 1 e a gente nunca tinha ido. Aí esse ano ele foi em todos os dias e eu consegui ir no primeiro treino. Adorei, ano que vem quero ir para a corrida mesmo. |  23/11/2013 - Henrique foi pra F1 e eu corri para o cinema sozinha. Taí uma das coisas que mais gosto de fazer na vida. Fazia tanto tempo que não ia sozinha… | 28/11/2013 - Com a proximidade do #treinoCM a passou bastante lá em casa. Foi uma das delícias do mês, tão bom receber visita de gente querida (e que ainda vem com o plus de ter essa gatinha junto). | 30/11/2013 - O #treinoCM! Foram dois meses de bastante trabalho e o resultado não podia ter sido melhor. Todo mundo elogiou, as leitoras se divertiram e a gente morreu de orgulho. | 30/11/2013 - Depois de tanto trabalho, nada mais do que justo a equipe do blog se juntar para comer churrasco, beber e trocar presentes de amigo-secreto. Eu tirei a Aninha e a Brunha me tirou, mas também ganhei Biritis da Anni. Foi uma tarde muito divertida, altas histórias. Hahaha. <3

25/09/13

Andei lendo: série Harry Potter | J.K. Rowling

Por Ana Carolina | Arquivado em cultura

photo-1

Não é segredo pra ninguém que sou super fã da série do Menino-Que-Sobreviveu. Comecei a ler em 99, quando minha irmã comprou o primeiro e o segundo livros. A partir daí, a família toda ficou fã e esperávamos ansiosos o lançamento de cada novo livro. Sempre que um livro novo era lançado, eu relia pelo menos o anterior. Assim, perdi as contas de quantas vezes já li cada livro. Mas uma coisa eu nunca tinha feito: reler tudo, um seguido do outro, sem outro livro entre eles. E aí que em abril comecei a fazer isso. Demorei, li poucos nesses meses, mas hoje eu terminei.

Há muitos anos não relia os primeiros livros e relembrei o porquê de a história ter encantado e apaixonado tanta gente. Conforme Harry vai crescendo (assim como os perigos pelos quais ele passa), os livros vão ficando mais sombrios. Adoro isso, adoro como a J.K. fez uma série de livros infantis evoluir para uma história com mortes, perigos e questionamentos adultos.

Eu nunca fui muito chegada ao Harry. Sempre achei que ele era bobo, lerdo e sortudo. Nunca achei que os feitos dele fossem de mérito próprio, sempre achei que ele tivesse tido muita sorte em ter gente talentosa ao lado dele. E  dessa vez perdi essa birra. Harry é um adolescente, mas tem sim muitos méritos. É corajoso, inteligente e tem um coração de ouro. Teve muita sorte sim (quem não queria ser aconselhado por Dumbledore? Quem não queria uma Hermione como amiga?), mas muitos dos seus feitos são grandiosos. Essa foi a melhor parte de reler tudo, de uma vez: consegui reconhecer o grande personagem que o menino é.

Chorei horrores, ri pra caramba e me apaixonei mais ainda pela história. Nem vou falar sobre o Rony porque ele é puro amor, sacanagem falar sobre meu personagem favorito porque sou totalmente parcial. Hahaha.

Vocês já releram tudo assim, seguido? Indico MUITO. Eu adorei a experiência, achei o máximo. E já tô doida para fazer isso de novo quando eu tiver um Kindle, assim vou grifando as minhas partes favoritas (porque nem passa pela minha cabeça fazer uma judieira dessa nos livros físicos).

03/09/12

366 Nuncas: #239 a #245

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

#239 – 26/08/2012

Estreia de job do namorado, então grudamos no sofá para assistir. Nunca tinha assistido à um episódio inteiro de FDP, só uma cena ou outra enquanto ele trabalhava. Gostei bastante.

.

#240 – 27/08/2012

Foi dia de gravação lá em casa. Morro de vergonha desse tipo de coisa, nunca consigo falar bem olhando para a câmera. Mas também nunca tinha gravado nada lá em casa, foi um pouco mais tranquilo. O resultado mostro logo logo pra vocês. :)

.

#241 – 28/08/2012

Cresci vendo meu pai ler Sherlock Holmes mas nunca tinha lido nada com o personagem. Achei esse livro quando fui comprar presente para o meu pai no mês passado, gostei (capa dura e formato menor, quem resiste?) e tô adorando. Mr. Holmes é uma peça!

.

#242 – 29/08/2012

Momento confissão: não consigo gostar muito do Tom Cruise. Tem filmes com ele que eu adoro (Top Gun!), mas ele nunca é um diferencial para mim. Nunca fui assistir nada só porque ele estava no elenco. Não conheço muito da história dele, então também não sei dizer se esse foi o primeiro musical dele. Só sei que eu nunca tinha visto Tom Cruise fazendo musical. Acabei gostando, o único problema do filme é a vozinha chaaaaata da menina que canta. Podiam ter escolhido outra voz.

.

#243 – 30/08/2012

Me mudei há um ano e desde que tenho minha bancada estava precisando de banquetas para ela. Não tinha comprado até agora porque sempre mudava o modelo que a gente queria. Até que deixamos de frescura e compramos. Nunca tinha tido banqueta em casa, é tão legal. Parece bar. Hahaha. <3

.

#244 – 31/08/2012

Nunca tinha pensado MESMO e trazer um cachorro para o apartamento, até que vi esse pug liiiindo. Tô apaixonada, mas ainda tenho que criar coragem para pagar o que pedem por ele. Esse não vou ter dó de deixar o dia todo sozinho, trancado em casa.

.

#245 – 01/09/2012

Não sou fã de verão, de calor, nem de praia. Mas os pais do Henrique compraram um apartamento na praia e a gente foi até lá conhecer. Eu era a única que nunca tinha ido ao apartamento e adorei. E o maior milagre: também gostei de ir para a praia. Nesse dia só andamos, nada de pegar praia meeeeeeeesmo. Mesmo assim achei gostoso. :)

Perceberam uma coisa? NÃO TEM NENHUMA FOTO DE COMIDA ESSA SEMANAAAA! Aleluia, irmãos!

27/08/12

366 Nuncas: #232 a #238

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

#232 – 19/08/2012

Nunca pensei que esse dia ia chegar. HAHAHHAHAHAHA

.

#233 – 20/08/2012

No domingo meu dedo indicador da mão direito começou a doer. Na segunda pela manhã estava inchado e eu não conseguia dobrá-lo. Não lembro de ter batido ou feito alguma outra coisa. Fui ao médico e ele constatou que o nervo estava inflamado. Do nada, sem mais nem menos. Simples assim. Isso nunca tinha acontecido comigo.

.

#234 – 21/08/2012

Fui ao cinema assistir Batman (muito bom, adorei) e antes aproveitei para jantar no Prime Burger. Experimentei o lanche vegetariano deles (pão preto, cogumelos, alho poró e queijo brie). A combinação parece ótima, mas achei o lanche beeeem sem graça. Faltou tempero.

.

#235 – 22/08/2012

Noite de fofocas com uma amiga querida e finalmente ganhei sorriso no copo do Starbucks. Nunca tinha ganho um e ficava invejando o povo que ganhava e postava no Instagram. #hipsterdadepressao

.

#236 – 23/08/2012

Comprei esse colar faz um tempo mas nunca tinha usado. Gostei bastante, já até usei de novo. :)

.

#237 – 24/08/2012

Mais uma escolha feito por causa da dieta. Adoro os sorvetes da Vipiteno (para mim eles só perdem para os da Damp) e pedi um de manga, porque é mais light. Nunca tinha tomado e AMEI. Lembra até o gosto daqueles sorvetes de rua, de maquininha com garrafas de refrigerante com os sabores, sabe? Amo aquilo. <3

.

#238 – 25/08/2012

Veja bem, eu sou uma velha. Desde meus 16 anos não tenho mais gosto para balada. Adorava uma quando era novinha, mas fiquei velha rápido e perdi o pique para música muito alta + lugar muito escuro + muita gente. Sendo assim, nunca tinha ido à Trash 80′s. Aí que um amigo super querido fez 30 anos e resolveu comemorar por lá. Claro que eu não ia perder e olha, gostei. Só que sou velha, então às 2h eu já pedi arrego e fui embora. Hahahha.

25/07/12

Andei lendo: Bonequinha de Luxo | Truman Capote

Por Ana Carolina | Arquivado em cultura

Tenho uma amiga que é doida pela Audrey e, por causa dela, há algum tempo resolvi assistir à Bonequinha de Luxo e ver se gostava. Sinceramente? Achei a história beeeem bobinha, mas dá para entender o porquê do filme ser um clássico. Na época em que foi lançado, um filme sobre uma garota de programa (ou acompanhante de luxo, que acho que é mais o caso da Holly) que não é vulgar ou totalmente esterotipada era algo bem diferente. Audrey também está uma graça no papel, engraçadinha na medida certa.

Logo que assisti ao filme, pedi o livro emprestado para a amiga (obrigada, Ká!) e agora nas minhas férias li. Gostei, achei a adaptação para o cinema muito bem feita e, lendo, acabei gostando mais da personagem. Não acho que seja algo tão grandioso (prefiro muito mais a faceta sanguinária do Capote), mas é legal. Acho que é um daqueles casos de que se você não conheceu a história quando ainda era novo não cria o laço afetivo certo com ela e acha sem graça quando fica sabendo o que é.

Acho que é difícil alguém não saber sobre o que é a história (sério, acho que eu era a única mulher que conheço que ainda não tinha visto esse filme!), mas lá vai um resuminho: Holly é uma garota do interior que foi para NY, aprendeu a ser uma garota de cidade grande e assim consegue se virar bem. Sai com homens ricos, frequenta festas badaladas e se veste bem. Ganha dinheiro e presentes desses homens (não disse que o termo acompanhante de luxo era mais adequado à ela?) e aproveita a vida, sem apego à nada nem à ninguém.

Nessa edição que peguei emprestado há mais três contos. O último foi o que me ganhou e fez eu gostar bem mais do livro. “Memórias de Natal” é contado em primeira pessoa, por um garoto super pobrinho e que tinha como maior companheira na infância uma senhorinha. Ele fala sobre aqueles dias, sobre a tradição que eles tinham de todo final de ano cozinhar bolos para as pessoas queridas. O conto é triste, fiquei o tempo todo com o coração apertado e chorei ao final, no meio do metrô lotado às seis da tarde, mas who cares? Gostei bastantão.