07/07/09

Andei lendo: Marilyn e JFK (François Forestier)

Por Ana Carolina | Arquivado em cultura

Já disse muito por aqui que sou fã de histórias reais, certo? Acho que já devo ter falado por aqui que se tem uma época que realmente gosto são as décadas de 50 e 60. A música, o cinema, os mitos… nisso tudo, óbvio, está inclusa a Marilyn Monroe. Diva eterna, a vida da mulher rende assunto até hoje e foi assim que me interessei por esse livro (que ganhei de aniversário da Erica e do Lê). Devorei o livro em dois dias e resolvi fazer um post só para ele, para eu poder comentar tuuuudo, colocar fotos e vídeos. ;)

marilyn_jfkMarilyn e JFk
Um livro que começa com o autor dizendo “Para iluminar um pouco tanta escuridão, foi preciso uma sólida documentação, um editor paciente e um defeito crucial: uma má índole. Eu tenho.” não tem como ser ruim, certo? Adoro biografias que contam os podres e não medem esforços para mostrar que a personalidade em questão tinha defeitos.

Vamos começar pelos personagens principais: Marilyn Monroe, a super diva do cinema e John Fitzgerald Kennedy, presidente americano muito querido pelos seus eleitores. E entre eles muito mais gente: Robert (irmão do JFK), Jackie (mulher de JFK), dois ex-maridos de Marilyn, mafiosos, cantores, atores, políticos, policiais, investigadores, psiquiatras, detetives… uma lista sem fim de pessoas.

O livro dá um breve panorama da história de Marilyn (infância pobre, pai desconhecido, mãe internada no manicômio, casada com o namoradinho para ter onde morar depois que os pais adotivos a abandonam) e de John (filho de irlandês que se deu bem na América, criança rica, doente que precisa de vários tratamentos) e começa a dar mais detalhes quando a história dos dois se cruza. Marilyn já é a atriz mais sexy da época e John é um senador casado que não pode ver um rabo de saia pela frente.

Acho que o que mais me chocou no livro foi saber que JFK era um super galinha: encostou o pé no chão quando sentou na guia já tava no ponto pra ir pra cama com ele. Ele teve vááááriiiasss amantes: atrizes, secretárias, cantoras, garotas de programa… desde que não contassem à ninguém suas puladas de cerca, estava tudo bem. Claro que todo mundo sabia dessas escapadas dele (e  ele não fazia questão nenhuma de escondê-las), inclusive Jackie Kennedy (a mulher recatada e ideal americano de esposa). Nunca fui fã da Jackie, sempre a achei bem sem graça e feinha, mas depois de ler esse livro a antipatia cresceu MUITO. Mesmo sabendo das traições do marido, continuou casada com ele por causa do dinheiro (chegou até a receber dinheiro do sogro para isso). Não tem esposa modelo mais falsa que ela. Pra mim, ela não tem mérito nenhum para ter um esmalte com o nome dela.

 

Jackie e JFK no dia do casamento

Jackie e JFK no dia do casamento

Não que Marilyn fosse a pureza em pessoa, já que não perdoava nem os entregadores de pizza. Teve casos com atores, roteiristas e qualquer um que mostrasse interesse em dar um pouco de carinho para ela. No começo da carreira, sua carta de recomendação dizia que “esta garota faz sexo oral maravilhosamente“. Precisa dizer mais?

JFK era amigo de Frank Sinatra e de todo o Rat Pack, com quem costumava farrear e dividir suas call girls. Sinatra, aliás, acompanhou muito de perto toda o romance de John e Marilyn.

Rat Pack: Frank Sinatra, Dean Martin, Sammy Davis Jr., Peter Lawford e Joey Bishop

Rat Pack: Frank Sinatra, Dean Martin, Sammy Davis Jr., Peter Lawford e Joey Bishop

Os dois nunca fizeram questão de esconder o romance que, na época, todos sabiam que rolava. Tudo bem que eles estavam cercados por escutas da CIA, FBI, agentes federais, detetive particular e até do psiquiatra da MM, mas mesmo assim: os dois não estavam nem aí, andavam de braços dados na praia, passavam noites em hotéis, conversavam muito ao telefone.

Marilyn sempre foi uma pessoa muito perturbada, mas com o passar dos anos seu vício em remédios e bebida cresceu absurdamente: as overdoses viraram parte da rotina, a falta de limpeza chegou ao extremo (alguns de seus amantes chegaram a ir embora por não aguentarem suas unhas sujas, cabelos oleosos e cocô de cachorro espalhado por todo o canto). Chegou à ser internada em hospício, mas seu ex-marido e amigo Joe DiMaggio sempre estava por perto para ajudá-la.

DiMaggio e Marilyn, na época de casados

DiMaggio e Marilyn, na época de casados

A foto da capa do livro é a única foto ainda existente da comemoração íntima que JFK teve depois da super comemoração em quem Marilyn cantou o famoso Happy Birthday. Todas as outras fotos foram destruídas pelos oficiais do Governo, à fim de acabar com provas de que o presidente comemorou seu aniversário com a loira.

Robert, Marilyn e John

Robert, Marilyn e John

Esse foi o último dia do caso que durou 10 anos e acabou com um belo pé na bunda dado por John, por pura e espontânea pressão da Jackie. Coitada da Marilyn, mandou fazer um super vestido sexy (que teve que ser costurado à seu corpo), fugiu do set de filmagem para ir cantar pro cara e no dia seguinte leva um pé na bunda!

Marilyn que já não estava tão bem, acabou pior: teve um rápido caso com Robert Kennedy, mais algumas overdoses (chegou a ser estuprada por mafiosos durante uma delas), perdeu o contrato com a Fox e acabou morrendo de overdose em pouco tempo, totalmente sozinha em casa. JFK morreu pouco mais de um ano depois, com alguns tiros na cabeça, disparados por Lee Oswald.

Eu que mergulho totalmente nas histórias, já passei um tempão olhando fotos e vídeos dos dois. Aliás, esse é o único ponto fraco do livro: a falta de fotos.

07/07/09

Minhas 25 primaveras

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

Gente, demorou mas finalmente voltei pra falar sobre meu aniversário… foi ÓTIMO, uma delícia, cheio de carinho por todos os lados. Durante o dia resolvi algumas coisas (até ganhei caneta de presente do cara do laboratório onde fui fazer um raio-x) e à noite fiquei em casa com a família e amigos, recebi telefonemas, e-mails, um monte de comentários aqui e no twitter. Demais, adorei tudo!

niver_resumo

Acabei ganhando MUITO presente, gente! Até risquei coisas da minha wishlist de aniversário. Fazia anos que não ganhava tanta coisa, olha só:

 

Livros

nover_livros

Da direita pra esquerda, com o nome de quem me deu:
Rita Lee Mora ao Lado, do César e da Débora (irmão e cunhada)
A princesa à espera, me dei de presente
A princesa sob os refletores, A princesa apaixonada e A princesa de rosa shocking, todos da Mari (com resenha de dois deles aqui)
Aos meus amigos e Maysa, ambos da Ju Mary
A vida com minha irmã Madonna, me dei de presente
Marilyn e JFK, do Lê e da Erica (amigos queriiiidos)
Amanhecer, me dei de presente
O Curioso Casa de Benjamim Button, me dei de presente
Coleção completa das Brumas de Avalon, me dei de presente

Não disse que queria muitos livros? Tô feliz da vida com esse montão deles e estou lendo na ordem em que ganhei… já tenho mais dois posts de Andei lendo prontinhos. ;)

.

Cosméticos

niver_cosmeticos

Minha tia tinha ido viajar e me trouxe perfume (e uma correntinha de prata que esqueci de colocar junto para tirar a foto). O kit de hidratantes da Any Any foi presente da Rafa e da Márcia (prima e tia do meu namorado). Também ganhei esmaltes da Ana (Donata) e da Vivi (Jackie) e me dei o Matte Top da Orly.

niver_perfumes

Eu também tinha ganho um super kit da Avon lá no blog da Vivi e demorei pra pegar.. quando peguei, estava perto do meu aniversário e acabei contabilizando como presente de aniversário também.

..

Roupas

niver_meias

Ganhei da Dani Lopes (comadre amada) dois pares de meias de lã super fofinhas e da minha sogra, dois conjuntinhos de lingerie. Também ganhei cachecol da Rafa e da Márcia, mas ele tá pra lavar (babei comida nele, pra variar um pouco) e não deu pra fotografar.

Além disso, também comprei calça jeans, blusa e camisetas com o dinheiro que ganhei da minha avó.

.

Melissas

niver_melissas

Ganhei a 3Straps da minha mãe e me dei a Esmeralda de oncinha.

.

Comida

presente_dani

No dia do meu aniversário saí cedo pra fazer um exame e quando voltei dei de cara com uma caixa pesada enviada pela Dani… gente, quase chorei quando abri e vi que ela tinha me mandado brownies feitos por ela. Não é muito amor?

niver_rocambole

Do Celso e da Solange (irmão e cunhada) ganhei rocambole de chocolate com morango. Cortei na mesma hora e comi muuuito.

.

Internet

Também ganhei cartões fofíssimos da Prix e da Cris:

Cartão da Prix-diva-amada

Cartão da Prix-diva-amada

.

Cartão da Cris

Cartão da Cris

.

Tristeza

Além disso, ganhei um super pendrive de 8 gb da minha irmã, lindo: pretinho, super pequeno. Usei por uma semana e PERDI. Pois é, tô triste até agora.

.

Agora diz.. tem como não gostar de um aniversário com tanto mimo? Tem não.

 

06/07/09

Eles cresceram

Por Ana Carolina | Arquivado em cultura

Ufa! Terminei tudo o que tinha que terminar e essa semana estou tranquila (essa semana, pq semana que vem já estarei sem tempo pra nada de novo). Se preparem pra post com meus presentes de aniversário, livros, resenha de esmalte… tô empolgada, vocês vão sofrer na minha mão. ;)

Pra começar, um mini esquenta pro novo filme do Harry Potter, que estreia daqui duas semanas. Ultimamente tenho visto muitos posts sobre a Emma Watson (que interpreta a Hermione Granger nos filmes) e não é por menos: ela está na capa de várias revistas, fez editoriais lindos… realmente merece todo esse destaque. Das novas fotos dela, minhas favoritas são do ensaio para a Empire Magazine, com o Daniel Radcliffe (que acho bem feinho e sem graça, aliás) e o Rupert Grint (razão de ser dos filmes do HP, liiindoooo!!!), todos crescidinhos se divertindo nos bancos da escola:

hp_01

hp_02

hp_03

hp_04

Morro de nojinho desses pelos no peito do Daniel. Eeeeeeewww!!!

Mas o favorito de todos os tempos é esse aqui, com o Rupet Grint lindo, quando os dois ainda eram pré-adolescentes, pra alguma revista que não faço a mínima ideia:

rupert_grint_1214586439

Tenho essa imagem salva no meu computador há anos. <3

Preciso dizer que tô super ansiosa e que dia 15 é nóis no cinema?

02/07/09

Andei lendo: A princesa sob os refletores e A princesa apaixonada – 2º e 3º livros da série O diário da princesa – Meg Cabot

Por Ana Carolina | Arquivado em cultura

Troquei esses dois livros com a Mari e ela ainda me deu o quinto livro da série de aniversário, uma fofa! Tô devendo post sobre os presentes de aniversário, prometo que semana que vem faço ele sem falta.. é que essa semana tô correndo feito louca com um freela, então não deu tempo de fotografar tudo ainda.

Mas vamos ao que achei do segundo e terceiro livro da série da Princesa Thermopolis:

A_PRINCESA_SOB_OS_REFLETORES_1229729518PA princesa sob os refletores – Meg Cabot
Achei muito legal o livro começar exatamente onde o primeiro livro terminou.
Sendo assim, Mia ainda está se acostumando com a nova rotina, com toda a atenção que ser princesa a obriga a ter, etc… acho que a Mia se sai até que bem, para uma menina tão novinha e tão pega de surpresa.
Mia também lida bem com a idéia da mãe estar grávida, com a mãe casando com seu professor e tudo, mas me irrito muito com as mentirinhas que ela inventa: uma mais atrapalhada que a outra e totalmente sem motivo!
Passei o livro todo torcendo pra ela parar de mentir tanto, por coisas tão bestas. Mas é claro que ela não deixa de fazer isso porque é uma adolescente e, né? Adolescente faz a maior tempestade num copo d’água por qualquer coisinha.
Tinha lido por aí que esse era o livro mais fraquinho da série e, dos três que li até agora, realmente é mesmo.

..

A_PRINCESA_APAIXONADA_1229731347PA princesa apaixonada – Meg Cabot
No segundo livro Mia arranja um namorado de quem não gosta muito e passa esse livro todo tentando descobrir como terminar com ele sem que o coitadinho fique muito triste.
Claro que não é só isso, ela também “descobre” que está apaixonada pelo Michael (coisa que a gente já sabia desde o primeiro livro, certo?) e acaba pedindo ajuda pra vó/pai/papagaio/periquito.. é bem legal isso, dá pra ver como todo mundo se importa com a Mia, como o pai tenta ajudar e tal…
É bem legal também ver como ela lida com a nova rotina da casa: sua mãe casou com seu professor e ela se dá super bem com ele.

.

 

 

É isso, gente. Já comprei o quarto volume da série e o quinto, como já disse, ganhei da Mari. Tenho uma lista imensa de livros pra ler, mas quando ler esses outros dois volto aqui pra falar deles.

Ah! desculpa por  não estar visitando blogs, respondendo comentários… ando realmente atarefada, espero que semana que vem consiga fazer tudo isso. ;)

01/07/09

Sorteio: Aniversário se comemora com bolo!

Por Ana Carolina | Arquivado em comidinhas, publicidade

Lembram que eu disse que julho é o mês de aniversário do Futricô e que eu gostaria de fazer um sorteio? Pois bem, tô aqui pra dizer que começamos o mês de aniversário do blog com uma promoção super apropriada e deliciosa: cupcakes!!!

cupcakes

A La Sucrerie me mandou de presente esse kit aí em cima e só posso dizer à vocês que os cupcakes são DELICIOSOS e que adorei. Tô até pensando em encomendar mais alguns. :)

Além de eu ganhar o presente, a La Sucrerie também vai sortear pra algum leitor de SP um kit igualzinho. Por causa da logística de entrega só vai dar para concorrer quem é da Grande SP, gente.. desculpa, mas essa cobertura molinha do cupcake de lacinho pode estragar se ficar muito tempo no correio. Se você é de fora de SP pode encomendar sossegado os cupcakes com cobertura “dura”, eles não tem problema para entrega.

Para participar é só colocar cidade, nome e e-mail no formulário abaixo. Só vale se inscrever uma vez, hein?

As inscrições podem ser feitas até dia 08/07/2009 e no dia 09 mesmo eu já divulgo o ganhador. Como a entrega vai ser realizada pela própria La Sucrerie, vou passar os contatos do ganhador para eles.

Ah! Lá no Plastic Fantastic também tá rolando sorteio de um kit La Sucrerie, então se você quer aumentar suas chances aconselho passar por lá.

Boa sorte! ;)

aviso-publi-gifts

29/06/09

Andei lendo: Entrevista com o Vampiro – 1º livro das Crônicas Vampirescas (Anne Rice) e Como falar com meninas (Alec Greven)

Por Ana Carolina | Arquivado em cultura

entrevista_vampiroEntrevista com o Vampiro

Já vi o filme algumas vezes e sempre quis ler o livro, pra ver se o filme tinha sido fiel ou não.
Como já tinha visto o filme tantas vezes, foi impossível não imaginar o Lestat como o Tom Cruise, o Louis como Brad Pitt e a Claudia como Kirsten Dunst (embora ache que no filme ela parece ser mais velha do que a idade que ela teria no livro).
Sempre gostei do Lestat e lendo o livro gostei ainda mais: indeciso, atormentado por ser vampiro, apaixonado. Desculpa aí, mas quem é Edward perto de um Louis-Pitt? Ai ai ai.
Confesso que em algumas partes achei meio cansativo, fica tudo muito ó-vida-ó-azar, sabe? Mas no geral é um livro bem legal e interessante.
A conclusão? Acho que o filme foi mais ou menos fiel ao livro sim. Cortaram algumas partes, modificaram um pouco o começo e o fim, mas a história continuou a mesma. E em tempos de Crepúsculo, Edward e sua família são pouca bosta perto dos vampiros elegantíssimos da Anne Rice.
Ah! Uma curiosidade: a versão em português foi traduzida pela Clarice Lispector.

E só pra vocês terem um gostinho, eis os três personagens principais na versão cinematográfica:

Família reunida

Família reunida

 

.

Kirsten Dunst como Claudia

Kirsten Dunst como Claudia

.

Tom Cruise como Lestat

Tom Cruise como Lestat

.

Brad Pitt como Louis

Brad Pitt como Louis

 

.

comofalarcommeninasComo falar com meninas

Ganhei esse livro em uma promoção da Galera Record e achei uma graça.
Quando escreveu o livro, Alec tinha 8 anos! Resolveu fazer um guia de como falar com meninas para dar uma ajudinha para os amigos, os pais dele apostaram na idéia e começaram a vender cópias bem simples do livro na cidade em que ele mora.
De alguma forma a história chegou até a produção do programa The Ellen DeGeneres Show e ele foi entrevistado em fevereiro do ano passado. Depois disso uma editora resolveu lançar o livro e o menino virou uma celebridade nos Estados Unidos. Já até lançou outro livro, o “Como falar com os pais” e está terminando mais um, o “Como falar com Papai Noel“. Não é fofo?
Tá certo que é claro que provavelmente deram uma melhorada no texto original do Alec, mas a lógica do livro é totalmente infantil.
Aqui em casa todo mundo leu o livro (é hiper rapidinho) e morreu de dar risada. O Henrique até me disse que várias dicas do menino são válidas para toda a vida dos homens. haha.

Algumas das dicas:

Cerca de 73% das meninas normais largam os meninos; 98% das meninas bonitas largam os meninos.

Para fazer uma menina gostar de você, converse com ela e conheça a menina melhor.

O certo a fazer quando você está apaixonado é:
– não seja exibido demais.
– não seja bobo nem idiota
– controle sua hiperatividade (se precisar, coma menos doce).
– Tenha certeza de que seus amigos são legais e não vão tentar ficar com a menina de quem você gosta.

E minha favorita:

A sua mãe gosta que você esteja sempre limpo, e ela é uma menina.

Foooofo. <3