/Arquivo de March, 2012

28/03/12

O fim, o início e o meio

Por Ana Carolina | Arquivado em cultura

Já falei por aqui que Raul Seixas é uma das melhores coisas no rock nacional, pra mim. Exatamente por isso estava doida para assistir o documentário Raul – o início, o meio e o fim desde que ouvir dizer que estava sendo produzido. Um documentário com entrevistas de amigos, fãs, jornalistas e todo o tipo de gente que conviveu com o Maluco Beleza. Cenas de shows, a vida em casa… tudo isso me deixou bem curiosa e doida para correr ao cinema.

Ontem consegui um tempinho e fui assistir. O documentário é bem completo, mostra desde a época em que Raul descobriu Elvis (ah, sempre o rei) e resolveu virar uma estrela. Queria ir para Hollywood, ser famoso, aparecer no cinema. Abriu fã clube, começou sua própria banda… e foi isso o que definiu sua vida. Saiu da Bahia para trabalhar como produtor musical no Rio, casou, descasou, juntou, desjuntou, teve filhas… e no meio disso tudo conheceu Paulo Coelho e começou a parceria mais famosa (mas não a mais frutífera) que teve. Conheceu a drogas, mas não largou o alcóol que desde o começo da adolescência já tomava. Saiu do país, voltou, fez muito sucesso e ficou esquecido sem pisar em um palco por 4 anos. Se afundou nas drogas e na bebida, passou a ter problemas de saúde. Conheceu Marcelo Nova e fez com ele seu último disco e sua última turnê. Morreu sozinho, deitado na cama, de pijama.

Saí ainda mais apaixonada por Raul e por sua obra. Me emocionei em muitos momentos, quis cantar junto todas as músicas. Raul foi isso: uma dessas forças que aparecem aqui na Terra às vezes e deixam um legado difícil de esquecer. A parte mais triste foi constatar que ele, por muito pouco, não morreu totalmente esquecido pela mídia. Estava acabado e viciado, mas não sem talento. Acabou virando uma lenda com um quê de chacota, com fama de ídolo hippie dos tiozões motoqueiros.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=IiRQjiZ7vNw[/youtube]

Um conselho? Assista ao documentário, mesmo que você não seja fã. Vai ser bom para você perceber que Raul foi muito maior do que essa lenda piadista, foi o berço de boa parte do rock nacional.

26/03/12

366 Nuncas: #078 a #084

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

#078 – 18/03/2012

Esse foi fácil: nunca tinha completado 11 anos de namoro. <3

Pra comemorar fomos à um restaurante que eu nunca tinha visto e o Henrique tava querendo conhecer, o Mangiare. Um restaurante italiano que não tem como foco as massas. O lugar é LINDO e a comida é ótima. Recomendo.

.

#079 – 19/03/2012

Comprei essa sapatilha junto com essa outra e ainda não tinha usado porque queria customizá-la antes. Aí nunca encontrei o que queria para dar um tchan a mais nela e resolvi usar. Deu sorte, justo nesse dia encontrei o que queria e agora é só esperar chegar.

.

#080 – 20/03/2012

Um amigo me indicou o Tee Fury e eu nunca tinha comprado lá, até que vi essa camiseta de capitão do time de quadribol da Lufa Lufa. Não resisti e pedi. Demorou mais de dois meses para chegar, achei ela meio apertadinha e comprida demais, mas mesmo assim gostei. No dia seguinte já tava usando.

.

#081 – 21/03/2012

Comprei esse vestido em setembro pra usar exatamente no dia em que comecei meu regime, 1º de outubro. Usei, tava lindo e certinho. Aí tenho um casamento em maio e experimentei porque tenho que resolver minha roupa logo, já que semana que vem opero o pé e duvido que eu vá ficar batendo perna em shopping enquanto estiver com a botinha no pé. E a surpresa: ele está SUPER largo, na cintura tem mais ou menos um palmo sobrando. Nunca tinha perdido um vestido de festa por ter ficado largo demais, fiquei mega feliz.

.

#082 – 22/03/2012

Dois nuncas em uma única foto: nunca tinha ido à um evento da C&A ou visto o Rodrigo Hilbert de “perto”. Não foi muito perto porque não quis entrar na loucura de mulherada doida pra tirar foto dele, então me contentei de ver assim, mais de longe. Mais uma vez queria agradecer à Nary pelo convite. :***

.

#083 – 23/03/2012

Um colega de trabalho voltou de férias e trouxe chocolate pra todo mundo. Eu tava de regime e guardei a semana toda, mas numa sexta trabalhando até mais tarde achei que merecia o mimo. Nunca tinha comido um Mars e gostei, achei bem recheadinho.

.

#084 – 24/03/2012

Dia de receber amigos em casa normalmente é dia de fazer algum quitute pra recebê-los. Fazia tempos que eu não comia um rainbow cake, então ele foi o escolhido da vez. Resolvi testar uma coisa que nunca tinha feito: brigadeiro colorido. Não ficou lá muito legal, o tom era meio de beterrabada. Mesmo assim ficou bonito com o bolo.

19/03/12

366 Nuncas: #071 a #077

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

#071 – 11/03/2013

Ainda na chácara com os amigos, resolvemos jogar um pouco enquanto tomávamos sol na grama. Nunca tinha jogado Perfil enquanto tomava sol e ó: deixou a queimação da pele mais divertida.

.

#072 – 12/03/2013

Parece que o Mc Donalds está testando alguns sabores diferentes de sorvete somente em algumas lojas e justo no do shopping aqui de perto do trabalho tem o de manga (que, óbvio, eu nunca tinha tomado). Bem gostoso esse novo sabor, espero que passe no teste e continue no menu normal.

.

#073 – 13/03/2013

Fazia um tempo que eu não cozinhava, então tirei a barriga da miséria fazendo uma receita que nunca tinha feito: filé de frango com mostarda e mel e creme de gorgonzola. Fácil, simples, delicioso e goooooooordo. :9

.

#074 – 14/03/2013

A Melissa me mandou o gráfico desse quadro de “Keep Calm” e não resisti. Nunca tinha bordado nada relacionado à isso e achei super fácil e rápido.

.

#075 – 15/03/2013

Ainda tô levando para passear pela primeira vez muita coisa que comprei na 25. Foi dia de usar um que eu nunca tinha usado porque demorei para me acostumar com o tamanho todo. Lindo, né? E bem levinho, nem pesa no dedo.

O Henrique é o mais novo membro do clube dos 4 olhos. Como ele nunca tinha usado óculos antes, essa foi a primeira vez que o vi de óculos de grau. Adorei, achei que combinou bem. Pena que essa foto não é desse dia, é de ontem, já que foi a primeira vez que o convenci a deixar eu bater uma foto com eles.

.

#076 – 16/03/2013

Comecei a bordar o quadrinho já sabendo o tamanho da moldura pronta que eu compraria pra ele. Aí terminei de bordar no mesmo dia em que a moldura chegou e foi a primeira vez que enquadrei algo que bordei. Já tá lá, lindão, na minha sala.

.

#077 – 17/03/2013

Ontem, dia 18/03, fiz 11 anos de namoro. O Henrique comprou meu presente no sábado e tava DOIDO pra me dar, então entregou 5 minutos antes da meia noite. Virou meu nunca do dia, claro: nunca tinha tido um relógio da Guess. O legal é que ele acertou DIREITINHO porque eu tava doida por um relógio que desse para usar com um monte de pulseiras, parecendo um bracelete. Apaixonei, não tiro desde que ganhei. <3

 

14/03/12

Andei lendo: Marsha Mellow e Eu | Maria Beaumont

Por Ana Carolina | Arquivado em cultura

Momento confissão: sempre vi esse livro por aí mas meio que me recusava a comprar porque achava muito ridícula essa brincadeira no nome da personagem. Marsha Mellow, sério? SÉRIO? Afe.

Aí li algumas resenhas falando bem, o número de estrelas lá no skoob é até que alto… resolvi pegar em uma troca. E não me arrependi.

Amy é secretária em um jornal local nada prestigioso e acaba o namoro com um escritor famoso e totalmente canalha. No meio de toda a raiva pelo fim do relacionamento ela escreve um livro sobre uma mulher que faz sexo com basicamente qualquer coisa que respire. Hahaha. A irmã dela, Lisa, lê o livro, acha o máximo e leva para uma editora (não sem antes criar esse nome LIIINDO – só que não – para ninguém desconfiar que Amy que escreveu). O livro é lançado, vira a maior febre e todos falam sobre isso. Como Marsha Mallow nunca aparece, jornais começam a fazer uma verdadeira caça à verdadeira autora e Amy fica morrendo de medo que a descubram.

O grande problema para ela assumir a personalidade da autora é que sua mãe é uma senhora super conservadora e ela acredita que a mãe teria um ataque quando soubesse. Para evitar a ira da mãe, Amy sempre contou muitas mentiras. Uma das maiores foi a de que seu melhor amigo, Ant (meu favorito de todo o livro), tinha ido à Nova York estudar para ser padre, quando na verdade foi para curtir a vida de um solteiro gay super liberal. Ou seja: ela só cria sarna pra se coçar. SEMPRE.

Como todo livro mulherzinha, claro que Amy se apaixona por um cara super gente fina e eles tentam ficar juntos. Tinha que ter isso, né?

Gostei bastante e ri muito em algumas passagens. O final é um pouco diferente do que achei que fosse, mas não totalmente. É livro mulherzinha, né? Ela tinha que se dar bem no final de qualquer jeito.

12/03/12

366 Nuncas: #064 a #070

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

#064 – 04/03/2012

Há algumas semanas minha mãe dizia que uma menina tinha deixado uma caixa pra mim lá em casa e sempre esquecia de me entregar. Aí peguei no domingo e a delícia: presentinhos mais que queridos da Jú. O livro ganhei em um sorteio no blog da loja dela, a Santa Alaíde, e o resto foi puro amor vindo da província. Nunca tinha ganho um sorteio com tanto mimo. Hehehe. E não, ainda não tô planejando meu casamento. :p

.

#065 – 05/03/2012

Foi dia de comemorar aniversário de colega de trabalho e me dei de presente essa taça da foto: frozen yogurt, calda de frutas vermelhas e nutella. Absurdo de bom, não sei porque nunca tinha experimentado antes.

.

#066 – 06/03/2012

Ganhei esse Elvis de aniversário da ano passado e nunca tinha tirado da caixa. Foi dia de colocá-lo para enfeitar lindamente minha estante.

.

#067 – 07/03/2012

Estava com viagem para uma chácara marcada e percebi que toda essa vida de gente que nunca vai para a praia ou para a piscina tem seu preço: não tenho uma saída de praia sequer. Fui à caça de uma, não encontrei e só não saí de mãos vazias porque me encantei por essa calça. Nunca tinha tido uma calça pink, achei que fosse difícil de combinar mas me enganei. Já usei a bicha umas 3 vezes desde que comprei.

.

#068 – 08/03/2012

Nunca tinha ganho mimo de dia das mulheres no trabalho e sempre tem uma primeira vez, né? Adorei, escolheram justo meu sabor favorito de cupcake (mas claro que eu sei que foi coincidência, né?).

Desde o ano passado estava com duas armações paradas aqui porque queria colocar lentes. Enrolei um monte mas resolvi pegar um deles e testar se me acostumo com armações grandes. Ó: nunca tinha usado um óculos de grau tão grande e tô adorando, só ainda não me acostumei totalmente ao meu grau, que mudou.

.

#069 – 09/03/2012

Dia de botar o pé na estrada para ter um final de semana delícia na chácara com os amigos. Chegamos um pouco tarde na sexta-feira, mas isso não foi problemas para os meninos. Nunca tinha visto tanta alegria por conta de uma mesa de pebolim. Hahahah.

.

#070 – 10/03/2012

Quase uma década de amizade e a gente nunca tinha conseguido ir viajar. Também nunca tinha entrado na piscina com esses amigos. Juro, não sei porque demoramos tanto para fazer isso. E antes que eles queiram me matar por ter escolhido essa foto, já aviso: escolhi porque estão os dois lindos, felizes, magros e rhycos na foto. :p

 

08/03/12

Meme: 11 fatos, 11 perguntas

Por Ana Carolina | Arquivado em diarinho

Séculos que não respondo um meme por aqui, né? Um monte de gente me indicou vários mas eu deixava pra depois, perdia o link e não respondia. Desculpa se você foi uma dessas pessoas, viu?

A Mah me indicou esse e já que adorei ler as respostas dele nos blogs que leio, tô respondendo tb. :)

Regras:
- Escrever 11 fatos aleatórios sobre você no blog;
– Responder as 11 perguntas que a pessoa que te tagueou fez para você;
– Criar 11 novas perguntas para as pessoas que você taguear;
– Escolher as 11 pessoas que vai taguear e as linkar no seu post;
– Avisar as 11 pessoas escolhidas que você as tagueou; – Não as taguear de volta;
– E colocar as regras no post.

11 fatos sobre mim:

1 – Sou super fã da série Harry Potter, mas NUNCA consegui me apegar ao Harry. Sério, se alguma coisa tivesse acontecido com o Rony eu ficaria acabada, mas com o Harry tanto faz. Hahaha. (esse copiei da Mah, mas é verdade!)

2 – Não tenho melhor amiga. Já tive, quando era adolescente, mas hoje considero todas as amigas com a mesma importância. Todas são MUITO queridas, com todas eu sei que posso contar e isso já está lindo.

3 – Se tiver que escolher, prefiro homens às mulheres quando o assunto é amizade. Homens são mais diretos, não tem tanta encanação e dá pra brincar numa boa sem eles se ofenderem. Também nunca gostei de aguentar muito choro e consolar pessoas. Hahaha. Sou chata, né? Eu sei, por isso tenho muito mais amigos homens do que mulheres e as amigas que tenho são parecidas comigo, nenhuma é chorona. Hahaha.

4 – Tenho alergia à pó nos olhos. Coça, incha, fica vermelho e parece que tem areia dentro. Até por isso reluto tanto em usar lentes de contato.

5 – Passo hidratante nas mãos e protetor labial o tempo todo, enquanto trabalho. Eles ficam em cima da mesa e pelo menos umas 3 ou 4 vezes no dia passo.

6 – Ano passado comprei meu primeiro baton depois de adulta. A última vez que me lembro de ter comprado um foi quando eu tinha uns 12 anos: um batom rosa com glitter, da Sandy. Pois é.

7 – Sou a caçula entre 4 irmãos. As diferenças entre a gente é um tanto grandinha: 12, 10 e 6 anos. Caçulinha MEEEEESMO! <3

8 – Sempre quis ser tia, mas não me lembro muito de querer ser mãe. Não que eu não queira, mas sempre pensei muito mais no dia em que tivesse sobrinhos do que quando fosse mãe. Deve ser porque a hora ainda não chegou, né? E como a diferença de idade com meus irmãos é meio grandinha, desde pequena sempre quis um sobrinho.

9 – Entre meus cheiros favoritos estão: gasolina, Super Bonder e banner recém impresso. AMO. Uso o top coat da Fingr’s principalmente porque tem cheiro de Super Bonder. Hahaha. E sempre fico cheirando banner quando chegam aqui no trabalho.

10 – AMO música, ouço o dia inteiro.. mas há uns 10 anos não compro um cd. Acho meio trambolhudo e só vejo vantagem em tê-los se forem alguma edição especial com embalagem bonita e outros materiais juntos. Sou bem mais comprar o arquivo digital.

11 – Meu filme favorito da vida é Curtindo a Vida Adoidado. Desculpaí quem gosta de algum filme mais cabeça, mas não tem como algum outro tirar o posto do Ferris no meu coração.

.

Perguntas da Mah:

1 – Um hobbie?
Bordar! :)

2 – “Diário”, escrever à caneta ou digitar?
Escrito à mão. Aliás, já andava pensando em fazer isso e depois que vi esse post da Lolla fiquei com mais vontade ainda.

3 – Você é viciado em…
Doces. Muitos, de todos os tipos.

4 – Qual seu ‘livro de cabeceira’?
Não tenho nenhum. Na verdade, é difícil eu ler na cama.

5 – Música do momento?
Não tô viciada em nenhuma música no momento, então vai o que estou escutando nesse exato momento: On a plain, do Nirvana.

6 – Qual o seu grande projeto para 2012?
Emagrecer e juntar dinheiro. :)

7 – Você tem um ‘lema de vida’?
Não. No máximo, não me importar com a opinião alheia e ser feliz.

8 – Um ‘guilty pleasure’?
Chegar em casa e me jogar no sofá mesmo tendo um zilhão de tarefas da casa para fazer.

9 – Sua lembrança mais remota?
Eu, tentando sair do berço, usando um pijama de flanela azul bebê. Só lembro que era isso que eu usava e da sensação de sair do berço. Devia ter uns 2 anos, no máximo.

10 – O que você mudaria em si mesmo se pudesse acordar diferente?
Fácil: meu metabolismo. Seria daquelas que PRECISAM comer muito para ficar com um corpo ok. Hahahha. Sonhoooo!

11 – Conte algo sobre seu dia hoje…
Acordei muito mais cedo que o normal, cheguei bem adiantada no trabalho e encontrei um cupcake na minha mesa como presente da agência pelo dia da mulher. Começou bem.

E não vou indicar ninguém, mas quem quiser fazer porque viu aqui avisa nos comentários. :)

PS: eu já tinha falado coisas aleatórias sobre mim aqui e aqui. Foi meio difícil pensar em mais dessa vez.

Fotos: Weheartit